Domingo, 5 de Outubro de 2014

Berliner-Zeitung.de: "Os Tokio Hotel são o amor da minha vida"

Berlim - Os Tokio Hotel estiveram calmos durante muito tempo. Bill e Tom Kaulitz (com 25 anos) mudaram-se para a Califórnia, praticamente de um dia para o outro. Foi lá que eles trabalharam no seu quarto álbum, "Kings of Suburbia", que combina música electrónica com instrumental, transformando-a em música urbana. Segue-se uma entrevista.

 

Porque é que se mudaram para Los Angeles?

Bill Kaulitz: Porque chegamos a um ponto em que nos sentimos sobrecarregados. Tínhamos de colocar alguma distância entre nós e toda a especulação à volta dos Tokio Hotel, para descobrir o que realmente queríamos para a nossa vida. A nossa carreira teve de aguardar para conseguirmos limpar as nossas cabeças de tudo o resto.

 

E encontraram na Califórnia o anonimato que tanto ansiavam?

Bill Kaulitz: Sim. No princípio nem nos mudamos verdadeiramente para Los Angeles, mas vivemos da cidade. Isto deu-nos a oportunidade de desaparecer completamente - mas também nem saíamos no principio, portanto, passávamos a maioria do tempo em casa.

Tom Kaulitz: As pessoas aqui olham muito menos para nós do que olham na Alemanha. Mas ser observados não é propriamente o problema.

Bill Kaulitz: Precisamente. O que é, de facto, mau é quando as pessoas ficam à nossa porta, ou nos seguem de carro - em certa medida isto vai quase até ao limite de ser doentio. Nos EUA não nos deparamos com coisas deste tipo.



Então não há o perigo de vocês acabarem como a Britney Spears?

Bill Kaulitz: Todo o ser humano vive momentos complicados de vez em quando - não se pode evitar. Uma pessoa começa a questionar a sua vida ou a sua carreira. Simplesmente temos de tentar e manter tudo debaixo de atenções, senão a imprensa cometer exageros. Porque não foi como se não tivéssemos razões para desaparecer da opinião pública. Quando novamente começar a promoção e o ciclo de lançamento, pode perfeitamente acontecer que passe um ano e meio e eu fique a pensar: "Não aguento mais isto. Preciso de uma pausa."

 

Teoricamente poderiam apenas separar-se (a banda). Ou pensam que não foram feitos para uma "vida normal"?

Bill Kaulitz: Não consigo viver bem nem com, nem sem a fama. Por um lado, adoro estar em palco e fazer música. Por outro lado, sofro por não ter vida privada. Por isso, há alturas em que amaldiçoo o nosso sucesso. Mas os Tokio Hotel são o amor da minha vida.

 

Alguma vez desejam trocar de lugares com o vosso baterista, Gustav Schäfer e o vosso baixista, Georg Listing, que não são tanto alvos da opinião pública como vocês?

Bill Kaulitz: Claro que eles têm a vida mais fácil em alguns aspectos, do que nós. Eles ainda vivem na sua terra natal. A perda de privacidade nunca foi um grande problema para eles, da maneira que foi para nós. Eles estão muito felizes com isso. Provavelmente eles não quereriam trocar de lugares connosco.

 

Vocês mesmo nunca os invejam?

Tom Kaulitz: Todos têm o seu papel na banda, e as coisas apenas se desenvolveram desta forma. Não discutimos coisas como essas. Nunca houve nenhum tipo de ciúme ou inveja.

 

Duvido muito que irmãos nunca discutam.

Bill Kaulitz: Por vezes as nossas discussões são muito intensas. Quando isso acontece, é tão mau que as outras pessoas apenas saem da sala.

Tom Kaulitz: Mas duas horas depois está tudo bem outra vez.

Bill Kaulitz: Porque nós não conseguimos imaginar a vida um sem o outro. Somos basicamente uma pessoa. Quando estamos separados, falta qualquer coisa.

 

Mas vocês não querem viver juntos para sempre, certo?

Bill Kaulitz: Penso que sempre viveremos juntos, de certa forma. Talvez, um dia, viveremos em duas casas que sejam uma ao pé da outra, ligadas por um túnel.

Tom Kaulitz: E apesar de não termos estado em palco nos últimos cinco anos, vamos passar todos os dias juntos.

 

Como é que é o vosso dia-a-dia em Los Angeles?

Bill Kaulitz: O Tom é um pouco mais calmo do que eu. Eu gosto de sair muito. Na verdade eu só me divirto.

Tom Kaulitz: Nós temos um ritmo estranho. Vamos para a cama por volta das 6 ou 7 da manhã. Vemos o nascer do sol todos os dias.

 CV

 

publicado por UNION TH § às 21:40

link do post | comentar | favorito

~

Since 2008

© Layout by Union TH; Versão 13.0
<



 
 


Compra já a tua!



Twitter



Facebook



Photobucket

Regras

§Não desrespeitar qualquer fã ou membro da equipa
§Não fazer publicidade
§Linguagem cuidada.
§Caso algum dos ditames seja desrespeitado o utilizador em causa será banido


.Outubro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31


Hier klicken!



Visits:

shared hosting